Por Que Minha Empresa Deve Fazer Marketing de Conteúdo?

Boas-vindas ao WordPress. Esse é o seu primeiro post. Edite-o ou exclua-o, e então comece a escrever!

marketing de conteúdo

Por Que Minha Empresa Deve Fazer Marketing de Conteúdo?

Com o advento da internet e sua exponencial importância para todas as empresas e usuários, o marketing de conteúdo se tornou a ferramenta mais importante para as empresas que querem ganhar mercado, conquistar novos clientes e relevância na rede.

Mas, Marketing de Conteúdo não é apenas escrever textos sem qualquer organização e planejamento. É importante assegurar a qualidade das informações e com isso, estabelecer conexão com sua audiência.

Então, hoje vamos mostrar a você a importância do marketing de conteúdo para que, caso ainda não conheça essa estratégia ou nunca pensou em usar, mude de ideia.

Veja Alguns Motivos Para Usar Marketing de Conteúdo. 

O marketing de conteúdo tem vários pontos relevantes para que possa ser aproveitado de forma satisfatória. A seguir vamos abordar alguns tópicos que fazem diferença na estruturação dos textos.

1) Backlinks

Backlinks são os links que ficam posicionados de forma estratégica em um texto para fazer com que o leitor vá até a sua página do blog ou site que tenha um conteúdo relevante ao que está lendo. A intenção é expandir o conhecimento do leitor e também, gerar tráfego de qualidade para o seu blog; ou seja, é um link feito de um site para outro.

Além disso, tem um detalhe muito importante que faz toda a diferença na aplicação desse processo: os motores de busca, como o Google, fazem a utilização da qualidade e o número de backlinks como um sinal de rankeamento. Por isso, aplicar os backlinks em seus textos é uma estratégia fundamental de SEO.

Entenda que, quando os robôs do Google visitam o seu site e leem um código de um link, eles vão seguir aquele backlink e verificar as páginas relacionadas. Então, invista  em qualidade no seu marketing de conteúdo para garantir um bom rankeamento.

Para ajudar a você a conhecer ainda mais sobre os backlinks, saiba que existem dois tipos: follow e nofollow.

1) Os links com o atributo “nofollow” dizem aos buscadores que não “sigam” aquele link. Como foi parafraseado em sites de marketing sobre esse tipo de link, é mais ou menos como “eu até quero enviar meu usuário para esse link, mas não precisa ir lá, não quero passar autoridade para ele”.

2) Os links follow são os links normais, eles passam autoridade e fazem o direcionamento dos bots para essas páginas. 

Tendo isso em mente, podemos dizer que o ideal é priorizarmos os links follow para uma estratégia de link building. Os nofollow também possuem sua importância, tudo dependerá de como será aplicado e qual estratégia será usada. 

2) Ranking orgânico

Por ranking orgânico ou busca orgânica, entendemos que se trata dos resultados conforme a relevância do marketing de conteúdo do site em questão, relacionado ao termo digitado na barra de pesquisa.

O SEO precisa ser uma preocupação constante para as marcas que têm sites e querem vê-los logo nos primeiros resultados de forma orgânica. É importante estar atento para as mudanças dos algoritmos do Google e elaborar conteúdos que possam agregar valor e dessa forma, atrair a audiência.

Investir em SEO é uma das estratégias mais certeiras que sua empresa pode ter, pois atualmente nenhuma empresa que produz marketing de conteúdo deixa de investir em SEO.

3) SEO básico

Do inglês (Search Engine Optimization – Otimização para Mecanismos de Busca), SEO é a união de técnicas utilizadas para melhoramento de posicionamento de site em buscadores, principalmente quando falamos no Google e no Bing. O principal objetivo destas técnicas é basicamente conseguir o aumento do tráfego de um site, posicionando-o nas primeiras páginas dos resultados orgânicos (ou seja, os resultados da busca que não são links patrocinados como falamos anteriormente).

Estrategicamente falando, cada página dentro do site deve ter um título único, que descreva seu conteúdo corretamente e a faça a diferenciação das demais. O título precisa ser claro e ter as principais palavras-chave da página. Lembre-se que o títulos com mais de 64 caracteres são cortados pelo Google, então é necessário que ele também seja curto.

E aí, curtiu essa aulinha bem objetiva e rápida sobre marketing de conteúdo?

Agora que você já sabe que precisa dessa estratégia para alavancar seus resultados, fale conosco!

Aguardamos o seu contato. 

Até mais.

 
Fale Conosco pelo WhatsApp